Realização

Sesc São Paulo
Criado por empresários do comércio de bens e serviços em 1946, o Sesc – Serviço Social do Comércio, tem entre suas prioridades a promoção da educação, da cultura, do lazer, da saúde e da cidadania. É uma instituição sem fins lucrativos, que promove o bem-estar social e a melhoria da qualidade de vida dos associados e também da população em geral.

A ação do Sesc é fruto de um sólido projeto cultural e educativo que trouxe a marca da inovação e da transformação social. Ao longo dos anos, o Sesc inovou ao introduzir novos modelos de ação cultural e sublinhou, na década de 1980, a educação como pressuposto para a transformação social. A concretização desse propósito se deu por uma intensa atuação no campo da cultura e suas diferentes manifestações, destinadas a todos os públicos, em diversas faixas etárias e estratos sociais. Isso não significa apenas oferecer uma grande diversidade de eventos, mas efetivamente contribuir para experiências mais duradouras e significativas. No Estado de São Paulo, o Sesc conta com uma rede de 36 unidades, em sua maioria centros culturais e desportivos. Além disso, a instituição conta com o Portal SescSP, o SescTV, as Edições Sesc São Paulo e o Selo Sesc, e diversas revistas - Em Cartaz, Mais 60, Problemas Brasileiros e Revista E - para registrar e divulgar suas ações, ampliando assim o acesso de suas programações e aos bens culturais que produz.

Sesc é o principal parceiro do Videobrasil há mais de 20 anos, realizando, além do festival bianual de arte contemporânea que leva sua assinatura, exposições anuais de artistas consagrados ou do Sul global – foco da Associação. Itinerâncias do Festival e de exposições pelo interior de São Paulo e outras cidades do país e do exterior; produções audiovisuais; e publicações sobre arte e culturas contemporâneas são outras das ações em parceria.

associação cultural videobrasil
Fundada por Solange Farkas em 1991, a Associação Cultural Videobrasil é fruto do desejo de acolher institucionalmente um acervo crescente de obras e publicações, que vem sendo reunido desde a primeira edição do Festival Videobrasil, em 1983. Desde então, a Associação trabalha sistematicamente no sentido de ativar essa coleção, que reúne obras do Sul geopolítico do mundo – América Latina, África, Leste Europeu, Ásia e Oriente Médio –, clássicos da videoarte, produções próprias e uma vasta coleção de publicações sobre arte.

Além do Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, que ocorre a cada dois anos, a Associação também realiza uma série de ações de pesquisa, difusão e mapeamento de sua coleção: exposições internacionais; mostras itinerantes; publicações sobre arte e cultura contemporânea; programas de TV e os documentários da Videobrasil Coleção de Autores; seminários, oficinas e encontros com artistas e pesquisadores, em diálogo constante com diversas áreas do conhecimento; e programas de residência artística, em conexão com uma ampla rede de colaboração internacional.

Em 2015, o Videobrasil abre sua nova sede em São Paulo: o Galpão VB, voltado à ativação permanente das obras do acervo. Servindo de casa para as ações da Associação, o Galpão VB terá exposições, programas de filmes, seminários, oficinas, residências artísticas e laboratórios de criação e reflexão. Assim, vem tornar mais constante a relação de encontro e troca com a comunidade de artistas, curadores e pesquisadores, tão valorizada pelo Festival, além de colocar o acervo em contato permanente com o público, que terá acesso à Videoteca, com mais de 1.300 itens, e a uma sala de leitura, onde estão disponíveis mais de 3.200 títulos. Com 800m2, o Galpão VB será o primeiro espaço dedicado à programação de artes visuais na região da Vila Leopoldina, contando ainda com espaço de serviços, café e loja abertos ao público.